Aprender a Tocar Violão – Aulas gratuitas

Olá, conheça o material exposto no menu acima e a página principal. Na página “Aulas” tem apostilas em PDF para baixar gratuitamente. Se quiser, deixe uma mensagem de crítica ou sugestão. Espero que você consiga fazer bom uso do material.

O Violonista Clássico e o Popular

O violonista popular toca suas músicas guiado por acordes cifrados, mesmo que ele saiba ler partitura, não estará nela o foco de seus arranjos e composições. Violonistas populares podem adquirir muita técnica, tanto para execução, quanto para composição de peças e arranjos, porém, seus sentidos estão sempre voltados para o bom uso da harmonia cifrada e das técnicas improvisação. Compositores de música popular (MPB, Bossa Nova, Jazz, etc) têm suas composições analisadas e executadas, por cifras; algumas análises mais precisas apresentam a melodia em partitura e a harmonia cifrada.

O violonista clássico, ou erudito, foca todo o seu trabalho na partitura, estudos, composições, arranjos, interpretações, etc., mesmo conhecendo as cifras. Os arranjos para violão clássico apresentam na partitura, além da melodia, a harmonia (acordes) com suas vozes, muitas vezes adaptadas por serem composições originais para piano ou orquestra.

O Prelúdio nº3, de Heitor Villa-Lobos, é uma peça típica para violonistas erudito, porém ao analisá-la, encontramos em seus primeiros compassos, uma série de movimentos com acordes m7(b5) utilizando toda a extensão do braço do instrumento com as cordas mi, si, sol e ré (1ª, 2ª, 3ª e 4ª); utiliza também, o desenho do acorde B7, sem pestana, formado a partir da primeira casa, se movimentando para a sétima e sexta casa; além de fazer arpejo do acorde F#7 começando na sexta corda, segunda casa (nota fá sustenido), encerrando na primeira corda, décima primeira casa (nota mi), movimento empregado em técnica de improvisação para violão e guitarra.

Por meio de cifras não seria possível documentar tudo o que o autor da obra queria transmitir para os ouvintes; muito menos, para outros violonistas executarem, pois, o objetivo das cifras não é apenas facilitar, mas dar liberdade, abrindo margens para a improvisação, e esta, é o princípio da criação.

4 opiniões sobre “Aprender a Tocar Violão – Aulas gratuitas

  1. Boa noite Juarez Barcellos. Não sei nem como começar, mas vamos lá.
    Começaremos com um Grande Agradecimento, obrigado pelos materiais disponível em seu site. Amei realmente fiquei louco com tantas informações.
    Já fiz aula de guitarra a alguns anos atrás, mais bem, bem atrás mesmo.
    Cabei desistindo por achar que não seria capas,
    Quero tentar direcionar meu aprendizado para criação. Quero saber como tocar o que tocar.
    Objetivo e criar som próprio.
    O estilo não é dos mais complicado não, pois pretendo aprender: Trash Metal / Heavy Metal
    Dai vem a primeira dúvida, bora lá.
    Suponhamos que eu crie uma musica cujo os acordes, sejam: ( C ) – ( E ) e ( G ).
    Este será meu campo Harmônico, correto?
    Dai para eu criar meus solos posso usar:
    As escalas de: Dó Maior e Lá menor / Mi Maior e Do# menor / Sól Maior e Mi menor?
    Ou não? Pentatônicas.
    Outra dúvida como marco meu tempo no Metrônomo? É por cordas,
    Pois algumas cortas tem digitação por exemplo de: ( Dó e Mi ) 02 notas por corda, porem outra pode ter três: ( Dó – Mí – Sol ). No caso considero um tempo por corda.
    Desculpe-me pelo, tamanho do livro escrito. tinha enviado para seu e-mail.

Deixe uma resposta para Valdecir Magri Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.